Tecnologia e Produtividade no Direito. Será que combinam?

As pessoas costumam associar a rotina dos advogados ao exame de leis, muita leitura e interação humana. Por ser uma profissão que lida com o discurso, oratória e muito relacionamento, quando se pensa em aplicar tecnologia nessa área, resta a incredulidade de que seja possível. 

Contudo, vale lembrar que muitas tarefas precisam ser automatizadas, a rotina dos advogados não se restringe à elaboração de documentos ou representação de seus clientes em tribunais. Esses profissionais precisam ter controle de agendas com prazos e de audiências, devem conhecer o andamento dos processos, gerir as despesas processuais e de seu escritório, etc. Toda essa rotina pode ser simplificada e o profissional alcançar maior produtividade se essas tarefas mecânicas forem automatizadas. 

A tecnologia aumenta a produtividade do advogado, uma vez que lhe tira tarefas acessórias e mecânicas, permitindo assim, que se dedique às atividades intelectuais. Também promove melhores resultados, pois o profissional tem mais tempo para lidar com o escopo de sua função.

 Outra contribuição importante na inclusão da tecnologia, no trabalho dos advogados, diz respeito à segurança das informações. Softwares jurídicos são criados especialmente para o mercado legal, ou seja, toda funcionalidade é customizada de acordo com as especificidades da área. 

Viu como a tecnologia é uma excelente aliada do setor jurídico? Conheça as soluções criadas pela Fácil, que além de promover produtividade aos profissionais, garantem segurança e confiabilidade das informações. 
 


Publicado em: 30/12/2019

Entre em contato

Onde conheceu a Fácil?